Quinta-feira, 14 de Maio de 2009

Unitel oferece "show" de musica

ImageA operadora angolana de telefonia móvel "Unitel" realiza, a 15 deste mês, no pavilhão principal da Cidadela, em Luanda, um mega festival de música, por ter conseguido atingir, este ano, a cifra de cinco milhões de clientes em todo o país.


 


Um comunicado de imprensa daquela empresa, informa que o espectáculo decorrerá sob o lema “Festival Unitel 5 Milhões de Clientes 8 Anos 8 Vozes”, devendo contar com a participação de vários músicos nacionais, entre os quais Paulo Flores, Yuri da Cunha, Afroman, Big Nelo, B26 e Kalibrados.

De igual modo, acrescenta, foram convidados para o “show” os cantores Yola Araújo, Agre G e o senegalês Akon, convidado especial da Unitel, que pretende com a iniciativa “reforçar a ligação entre a empresa e a música angolana”.

Além da festividade musical, a operadora de telefonia leva a cabo uma campanha promocional de bónus em todos os carregamentos efectuados pelos seus clientes até ao final do mês de Maio.

No comunicado, Amílcar Safeca, director-geral interino da empresa (com mais de 800 colaboradores) refere que “a Unitel vive agora um momento histórico da sua actividade, que não podia deixar de partilhar com os angolanos”.

“Conseguirmos conquistar a confiança de cinco milhões de clientes, em oito anos de existência, comprova o nosso empenho em prestar um serviço cada vez melhor, sempre mais próximo do próximo”, refere o responsável no comunicado da Unitel.

 
publicado por saudacoesangolanas às 16:34
link do post | comentar | favorito

Futebol, COCAN 2010-Angola

ImageO vice-ministro das Obras Pública, Joanes André, considerou na cidade do Lubango (Huíla) "histórica", em termos de obras de engenharia, a edificação em 18 meses dos quatro estádios que vão acolher o Campeonato Africano das Nações, que o país organiza em 2010.

O governante falava à imprensa durante uma visita de constatação do andamento das obras no estádio principal da província, no último fim-de-semana, e que esta semana entrou na fase de colocação de estruturas metálicas que sustentarão a cobertura das duas bancadas da infra-estrutura.

"Temos que reconhecer a complexidade das empreitadas, mas o governo, no quadro das suas obrigações, tudo está a fazer para que até Outubro deste ano, período estabelecido, as obras nos quatro estádios estejam concluídas", disse o governante.

Além da Huíla, as províncias de Benguela, Luanda, Cabinda são as outras indicadas para acolher a Taça das Nações de 2010, cujas construções dos mesmos encontram-se em fase adiantada.

Relativamente ao da Huíla, as obras, a cargo de uma empresa chinesa, iniciaram em Janeiro deste ano e consistem também na criação de uma sala de conferência e outra para testes anti-doping.

Com capacidade para 20 mil espectadores, a edificação do estádio, que conta com a contribuição 120 trabalhadores, maioritariamente jovens locais, deverá estar concluída em Outubro deste ano.

 
publicado por saudacoesangolanas às 16:26
link do post | comentar | favorito

Galeria de arte em Luanda

ImageUma galeria de arte denominada “Kozy e Arte” abre portas esta terça-feira, em Luanda, com o objectivo de venda e exposição de obras artísticas africanas.

Localizada no município da Ingombota, esta galeria, segundo disse a responsável Aicha Hakoum, vai valorizar os objectos únicos e pequenas séries de peças de arte que demonstram a criatividade dos artistas africanos.

A galerista disse que a abertura do espaço representa uma oportunidade para os criadores angolanos, e no geral africanos, puderem vender e apresentar os seus trabalhos.

“Közy e Arte é um lugar de harmonia, bom gosto, onde o designer, estilos, a fusão do antigo e contemporâneo se entrecruzam. O amante de arte poderá apreciar e comprar obras de pintura, de escultura de madeira e pedra, almofadas, candeeiros e outros objectos de arte seleccionados a rigor”, referiu.

Para Aicha Hakoum, de nacionalidade francesa e que se dedica à promoção da arte africana há 15 anos, a arte do continente berço é rica, onde a essência da vida, a cultura e as formas estão bem patentes.

Aicha Hahoum, que está em Angola há três anos, já trabalhou com galeristas e artistas de países africanos como Gabão, Costa do Marfim, Congo Brazzaville e Burkina Faso.

 
publicado por saudacoesangolanas às 16:24
link do post | comentar | favorito

Uma ideia recheada de cultura

ImageA ideia do concurso ‘Olhares da Língua Portuguesa’ é reunir num livro cerca de vinte e seis equipas formadas por escritores e fotógrafos reconhecidos, oriundos de Portugal, Brasil, PALOP, Goa, Timor e Macau para escreverem um conto sobre o seu país, ilustrado com quatro fotografias.

O projecto, apresentado terça-feira pelos organizadores, na Biblioteca da Câmara Municipal de Lisboa, visa a publicação de uma colectânea de contos e fotos.

Será acompanhado por um conjunto de eventos intermédios a decorrer ao longo deste ano, tendo como tema o mar, numa abordagem científica, económica, jurídica, etc.

Haverá ainda dois prémios para os trabalhos a concurso: um atribuído pelo público, através de uma votação na internet, e outro por um júri. A entrega dos prémios decorrerá a 5 de Maio de 2010, estando previsto o lançamento da colectânea em Luanda, na mesma altura.

Entre Maio e Dezembro deste ano, o concurso será acompanhado por debates, animações e exposições diversas, em vários países de língua portuguesa.

Segundo os organizadores, o principal objectivo é chamar a atenção das novas gerações para “o potencial criativo do mar.”

Em concurso estarão nomes como Fernando Dacosta, Valter Hugo Mãe, Filipa Melo, João Tordo (Portugal), José Eduardo Agualusa, Ondjaki, Pepetela (Angola), Germano Almeida (Cabo Verde), Luís Veríssimo, Moacyr Scliar, Amílcar Bettega (Brasil), entre outros, e fotógrafos conhecidos como Daniel Mordzinski, Santimano, Rui ôchoa, António Ole, Jordi Burch, Jorge Barros, etc.

‘Olhares da Língua Portuguesa’ é um projecto liderado pela associação Amar o Mar e fazem parte da organização as editoras Sextante, Guimarães Editores, Língua Geral (Brasil).

Para 2010, o tema será a Poesia e a Música.

 
publicado por saudacoesangolanas às 16:22
link do post | comentar | favorito

Simone em Angola

ImageCerca de quatrocentas pessoas vibraram na noite de quinta-feira, na Casa 70, em Luanda, no primeiro espectáculo dos três previstos para Angola da cantora brasileira Simone Bittencourt Oliveira.

Ao som de músicas como “Canta Canta” e “ Cigarra”, Simone levou, durante aproximadamente duas horas, os seus fãs a cantarem com ela, numa harmonia contagiante.

Com mensagens de amor e luta pela vida, a cantora esclarecia aos presentes, ao ritmo do samba e de outros estilos, que “todos os dias é um vai vem”, numa clara alusão à perseverança nos desafios quotidianos.

Simone e os seus acompanhantes, todos vestidos de branco, e com um colorido de luzes, emprestaram um ambiente cada vez mais saudável ao longo da actuação.

Era visível a satisfação em ver cantar de novo, em Angola (depois de 2003), uma das mais sonantes cantoras do Brasil.

Arlindo Ferreira, um dos fãs de Simone, disse que o espectáculo foi bonito, já que, além das suas próprias músicas, ela cantou trabalhos de músicos brasileiros igualmente de renome, como Emílio Santiago e Martinho da Vila.

“Conheço a Simone dos discos e vê-la hoje, na Casa 70, é uma grande satisfação para mim”, referiu.

Por sua vez, o cantor angolano Matias Damásio disse que Simone é uma artista com grande experiência em palcos, pois está constantemente neste exercício.

“A sua presença na casa 70 é de louvar, porquanto, como artista, tenho a oportunidade de aprender sempre mais alguma coisa diante de uma senhora com muita experiência”, sublinhou.

Já Simone expressou, diante do público amante das suas músicas, estar feliz em cantar de novo em Luanda, passados cerca de seis anos desde que esteve na capital angolana.

Esta sexta-feira e sábado à noite ainda haverá mais espectáculo de Simone. Estilos como samba, bolero, balada e romântico, não faltarão.

Simone, nascida no Estado de Salvador (Brasil) em 1949, trouxe para os três espectáculos uma equipa integrada por 16 pessoas.

A guitarra, a bateria e a percussão fazem parte do conjunto de instrumentos em uso.

 
publicado por saudacoesangolanas às 16:08
link do post | comentar | favorito

A riqueza de Angola será pra todos?

ImageA recuperação das vendas de diamantes e das receitas petrolíferas de Angola está a gerar expectativa de que esteja ultrapassado o pior período de que há registo para a indústria extractiva, pilar da economia angolana.

Mankenda Ambroise, ministro angolano das Minas, tem vindo a desdobrar-se em entrevistas nas últimas semanas para revelar que dez minas que haviam sido temporariamente encerradas já voltaram à laboração graças a “sinais positivos” na procura, fortemente deprimida desde o último trimestre do ano passado.

“Não estou a dizer que a crise já acabou, mas que conseguimos mitigar os efeitos da crise (...) Com estes progressos nas vendas, vamos recuperando devagar o nosso equilíbrio financeiro”, afirma.

Angola, quinto maior produtor diamantífero do mundo, tem como objectivo para este ano produzir nove milhões de quilates de diamantes, menos sete por cento do que em 2008.

Os preços recuaram sete por cento no primeiro trimestre do ano, depois de fecharem o ano passado com uma descida de nove por cento, segundo o índice de referência PolishedPrices.com.

Para apoiar a indústria, afectada pela quase paralisação do mercado diamantífero mundial, o governo lançou recentemente um programa de compra de pedras às empresas mineiras, mas Ambroise garante que até agora não foi feita qualquer compra.

Revelou ainda que as empresas que abandonaram Angola com a actual crise não serão autorizadas a regressar, apelando ao mesmo tempo aos investidores para que continuem a apostar na segunda mais importante indústria exportadora do país, a seguir ao petróleo.

Entre as empresas que fizeram as malas está a BHP Billiton, que operava associada à portuguesa Escom e à russa Alrosa nas explorações diamantíferas do Luó, Chimbongo e Camatchia Camagico, segundo revelou recentemente a “newsletter” África Monitor.

Em 2007, a multinacional obtivera cinco novas concessões ao longo do Rio Cuanza, todas consideradas promissoras em termos de potencial de reservas.

Os pequenos projectos foram os mais afectados (fecho de Luarica e Fucaúma), mas a conjuntura adversa acabou por obrigar ao redimensionamento de maiores e apenas as grandes concessões, como Catoca e Chitotolo, atravessaram o período sem perturbações de maior.

Também do petróleo, a grande fonte de receitas e de divisas para Angola, os últimos sinais são encorajadores, com uma recuperação nos últimos dois meses, graças a um ligeiro aumento de produção e de preços, segundo os números avançados no último "Angola Brief", do escritório do Banco Mundial no país.

Em Novembro e Dezembro do ano passado, as receitas fiscais da produção petrolífera representaram, respectivamente, 52 por cento e 46 por cento da média registada nos primeiros dez meses de 2008, e continuaram a agravar-se até Janeiro, quando caíram menos de um terço da média anual de 2008", salienta o documento.
 
publicado por saudacoesangolanas às 16:05
link do post | comentar | favorito

Um projecto inadiável para Angola "Alfabetização"

ImageO director provincial do Kwanza-Sul da Educação e Cultura, Pedro Sabino, informou quinta-feira, na cidade do Sumbe, que o projecto "Angola Bem Alfabetizada" está a permitir a formação de 7168 cidadãos.

Segundo o responsável, 250 docentes estão a assegurar a formação dos cidadãos em toda extensão da província do Kwanza-Sul.

"Esta dinâmica docente educativa vai permitir o acesso a todos aqueles que carecem de aprendizagem e habilidades básicas para a vida, através de leitura, escrita e cálculo", disse o director.

Apelou a sociedade, a incentivar todos cidadãos que não sabem ler e escrever, a participar no projecto de alfabetização.

A província do Kwanza-Sul tem uma população estimada em 2 milhões e 300 mil habitantes, distribuídos em 12 municípios e 36 comunas.

 
publicado por saudacoesangolanas às 16:02
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.posts recentes

. simplesmentedetalhes

. ...

. Finalmente o turismo Ango...

. DJ Kadú ganha disco de ou...

. A economia de Angola não ...

. Bolsa de valores em Ango...

. Construção "uma mina de o...

. Angola na Expo-China

. Grande Festa Mangolé

. Mia Couto e Agualusa nome...

.arquivos

. Fevereiro 2011

. Novembro 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Abril 2008

.tags

. todas as tags

.favorito

. Desconstruções

blogs SAPO

.subscrever feeds