Sexta-feira, 27 de Março de 2009

Angola expõe na UNESCO em Paris.

ImageCom o tema "África na sua dinâmica Cultural e Desportiva", Angola participará de 25 a 29 de Maio deste ano em Paris, França,  numa exposição sobre as grandes realizações e manifestações do país nesse domínio.

Segundo uma nota da Delegação Permanente de Angola junto da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), a semana de África é um período dedicado às celebrações do Dia de África, a assinalar-se a 25 de Maio.

A exposição estará patente no hall principal do edifício deste órgão da ONU, e vai apresentar fotografias da selecção nacional de andebol sénior feminina, campeã africana da modalidade, fotos dos Palancas Negras, em acção no mundial de futebol na Alemanha em 2006 e poster de José Sayovo, campeão paralímpico em 2005.

Estarão expostos também artigos de artesanato, com destaque para a peça que representa o “Pensador”, quadros da Igreja de São Salvador, em Mbanza Congo, considerado património mundial pela organização.

Nas demonstrações audiovisuais estarão patentes imagens da selecção nacional sénior masculina, nove vezes campeã africana da categoria, a ser brindada com cumprimentos de felicitação do Presidente da República, José Eduardo dos Santos, assim como a construção de infra-estruturas, que vão acolher o CAN de 2010, em Angola e a reabilitação do Palácio de Ferro, em Luanda.

A iniciativa terá como objectivo principal, destacar a criatividade intelectual dos africanos e promover os grandes eventos desportivos, com destaque para a Copa do Mundo de Futebol, que vai realizar se na África do Sul, em 2010.

 
publicado por saudacoesangolanas às 18:22
link do post | comentar | favorito

Filipe Mukenga canta hino do COCAN2010

Image"Angola, país de futuro", de autoria da dupla Filipe Mukenga/Filipe Zau, é o hino do Campeonato Africano das Nações em futebol, a disputar-se nas cidades de Luanda, Benguela, Lubango e Cabinda em Janeiro de 2010.

O facto foi anunciado segunda-feira em cerimónia realizada no Espaço Cultural Chá de Caxinde, em Luanda, pelo presidente de júri, o escritor e funcionário do Ministério da Cultura, António Fonseca.

"P'pros jogos de mano-a-mano, a Angola bem-vindo és! Angola te abre os braços p'pro CAN de 2010" é o refrão de um tema que venceu na concorrência as interpretações dos irmãos Almeida e António Fortunato "Tonito".

A criatividade de Filipe Zau (letra) e de Filipe Mukenga (interpretação) na abordagem do tema identificativo com a competição, clareza, originalidade e valorização da cultura nacional contribuíram para a selecção do "Angola, país de futuro", segundo o júri.

Antes do anúncio do vencedor, o director de comunicação e marketing do COCAN2010, Manuel Mariano, explicou que Paulo Flores e Matias Damásio estiveram inicialmente na disputa, mas desistiram por não concordarem com o concurso público.

Filipe Mukenga e Filipe Zau cantam juntos há 31 anos, ao longo dos quais compuseram mais de 80 canções inéditas.
publicado por saudacoesangolanas às 18:19
link do post | comentar | favorito

Mantorras quer ajudar !

ImageA seleção de Angola encontra-se a estagiar no Algarve, Portugal, sob as ordens do técnico Mabi de Almeida. O benfiquista Mantorras mostra-se satisfeito com a presença na equipa e refere: "Estou aqui para ajudar, já que os últimos resultados não têm sido positivos."

Mabi de Almeida já tem quase todo o grupo à sua disposição para o particular de amanhã (16 horas), no Estádio José Arcanjo, em Olhão, frente à congénere de Cabo Verde, faltando chegar apenas Zé Kalanga, Flávio e Gilberto.

Manucho (Hull City), Rui Marques (Leeds) e Djalma, do Marítimo, só estão convocados para o segundo encontro de caráter particular que os angolanos vão realizar em solo português no Estádio do Restelo, marcado para o dia 31 deste mês.

 
publicado por saudacoesangolanas às 18:18
link do post | comentar | favorito

Não se pode perder mais (futebol)

ImageO seleccionador de futebol de Angola, Mabi de Almeida, admitiu esta quarta-feira que “todas as derrotas preocupam”, após perder com Cabo Verde num particular, mas manifestou confiança no trabalho de preparação para a Taça Africana das Nações (CAN) 2010.

Após o encontro, que Angola perdeu por 1-0, com uma grande penalidade transformada por Dady, aos 33 minutos, o treinador angolano explicou que a selecção está “numa fase e num processo inicial” e o encontro serviu para “experimentar alguns jogadores e estratégias”.

“Preocupa-nos qualquer derrota, mas temos de analisar porque perdemos, onde falhámos, para melhorar. Temos ainda algumas datas para realização de jogos e vamos procurar, dentro dessas datas, melhorar os nossos níveis de performance”, afirmou o técnico.

Mabi de Almeida considerou que a equipa tem “muito tempo para cimentar aquilo que são os seus objectivos, a sua filosofia” e espera que nos próximos jogos possa melhorar”.

O técnico sofreu o segundo desaire consecutivo, depois de em Fevereiro ter sido goleado (4-0) com o Mali, num particular disputado em França, e como Angola já está afastada do Mundial de 2010 apenas restará a CAN no próximo.

Mabi de Oliveira disse que quer “ir o mais longe possível e alcançar os lugares cimeiros de competição, uma vez que Angola é o país organizador”.

Sobre a derrota desta quarta-feira, que provocou muitos protestos dos angolanos presentes no estádio José Arcanjo, em Olhão, o seleccionador angolano disse que “nenhum adepto gosta de perder”, sobretudo por a equipa “perdeu contra um país irmão”.
 
publicado por saudacoesangolanas às 18:16
link do post | comentar | favorito

Philips, quer investir em Angola

ImageA multinacional Philips, líder mundial na fabricação de produtos electrónicos, quer investir em Angola, estabelecendo acordos estratégicos com o Governo angolano e empresas locais, disse quinta-feira, em Luanda, um dos directores de Marketing da empresa, Jan Hoogstrta.

De acordo com Jan Hoogstrta, que falava em conferência de imprensa, numa exposição empresarial que decorre na capital angolana, a Philips encara o mercado angolano com grandes expectativas e confiança, porque Angola garante estabilidade e crescimento de negócios na região da África Subsahariana.

Sem avançar perspectivas do volume de negócios, nem as probabilidades de emprego a gerar em Angola, Jan Hoogstrta disse que as facilidades de investimento existentes, bem como a melhoria da legislação por parte do executivo local são, entre outras garantias, factores de grande importância para os investidores.

“Ainda não temos definidos os nossos pacotes de investimentos, as apostas que faremos, nem o número de empregos a gerar. Contudo, temos uma grande confiança no mercado”, referiu o director de marketing da empresa, acrescentado que a Philips quer cooperar na implementação de programas de iluminação e em outras soluções de produtos do seu ramo de actividades.

Com um volume de vendas de 27 biliões de euros em 2007, a Philips emprega mundialmente mais de 134 mil funcionários em mais de 60 países.

A empresa é líder do mercado de equipamentos para diagnóstico médico por imagem e monitoramento de pacientes, soluções em iluminação com base na eficiência energética, produtos de higiene pessoal e para a casa, bem como produtos electrónicos.

 
publicado por saudacoesangolanas às 18:15
link do post | comentar | favorito

Petróleo em Cuba?

ImageA petrolífera angolana, juntamente com outras de origem chinesa e russa, é candidata à exploração de blocos de petróleo no Mar do Caribe pertencentes a Cuba.


 


O assunto, segundo o Semanário “Novo Jornal”, vem sendo falado há muito e o ano passado o presidente da Sonangol esteve em Havana.
O assunto foi discutido durante a visita de Raúl Castro, actual Presidente Cubano, a Angola.

Cintando a Reuters, o Novo Jornal revela que o ministro da Industria cubana, Manuel Marrero, afirmou que na capital cubana a existência de empresas chinesas e angolanas a negociar participações em blocos petrolíferos do seu país. Mais avançados estão investidores russos, que nos próximos dias podem assinar um acordo de exploração de 15 blocos situados na parte cubana do Golfo do México.

Recorde-se que esta investida russa em Cuba indica um reaproximaçao efectiva entre os dois países. Logo a seguir à queda do Muro de Berlim e consequentemente o desmoronar dos países comunistas, Rússia e Cuba foram-se afastando a nível político, diplomático e económico. Mas Vladimir Putin e agora Medvedev (actual Presidente da Rússia) retornaram à cooperação, sendo a área petrolífera uma das mais apetecíveis.

A propósito, Manuel Marrero disse também que, apesar do interesse efectivo da parte chinesa e angolana, estas intenções são menos expansionistas do que as do leste Europeu.

Cuba dividiu a sua parte do Golfo do México em 59 blocos, sendo que 21 estão já entregues a sete Companhias petrolíferas.

O país caribenho produz 60 mil barris de petróleo por dia. Até agora, e segundo a Reuters, apenas um poço está a ser explorado com algum sucesso, através dos espanhóis da Rapsol.

Estes já avisaram estar dispostos a avançar para o segunda concessão, ao mesmo tempo que a brasileira Petrobras também demonstrou interesse nas águas profundas de Cuba.

 
publicado por saudacoesangolanas às 18:12
link do post | comentar | favorito

Semanário Sol publicado em Angola

ImageO semanário Sol começa a ser distribuído em Angola no sábado, uma semana depois do final do processo de compra da maioria do capital do jornal pelo grupo de media luso-angolano Newshold, disse à Lusa o director.

"A assinatura da venda das acções do BCP e da Imosider à Newshold ficou fechada na sexta-feira", disse à Lusa José António Saraiva.

De acordo com o director do Sol, 84 por cento do capital do jornal passa a ser detido pelo grupo Newshold, oito por cento pelo empresário Joaquim Coimbra e o restante pela Comunicação Essencial - empresa criada pelos jornalistas fundadores (José António Saraiva, José António Lima e Mário Ramires).

"Foi o último passo do negócio num processo absolutamente kafkiano", referiu José António Saraiva.

O Sol foi fundado por quatro accionistas: a empresa Comunicação Essencial, a JVC - do empresário de Tondela Joaquim Coimbra -, o BCP e a Imosider.

O Sol "é o primeiro jornal português generalista a estar disponível no mesmo dia em Angola e em Portugal. Para estarmos em condições tivemos de antecipar o fecho do jornal", explicou o director do título.

Nas primeiras semanas, o jornal será enviado de Portugal, mas a ideia é "imprimir lá o mais rapidamente possível, de modo a ter um circuito igual aos jornais angolanos", adiantou José António Saraiva, acrescentando que até ao final do ano, espera ter uma parte do jornal editada em Angola, "com um pequeno núcleo do jornal lá".

A "elite angolana" e os portugueses residentes no país são o público-alvo do jornal.

Além de Angola, o Sol quer chegar também aos outros Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP), mas não só.
 
publicado por saudacoesangolanas às 18:09
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.posts recentes

. simplesmentedetalhes

. ...

. Finalmente o turismo Ango...

. DJ Kadú ganha disco de ou...

. A economia de Angola não ...

. Bolsa de valores em Ango...

. Construção "uma mina de o...

. Angola na Expo-China

. Grande Festa Mangolé

. Mia Couto e Agualusa nome...

.arquivos

. Fevereiro 2011

. Novembro 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Abril 2008

.tags

. todas as tags

.favorito

. Desconstruções

blogs SAPO

.subscrever feeds