Sexta-feira, 11 de Setembro de 2009

Cresce o investimento em Angola

Angola tem registadas, até ao primeiro semestre deste ano, fora do sector petrolífero, 268 propostas de investimento privado aprovadas que totalizam um valor de 1 bilião, 29 milhões e 16 mil dólares norte-americanos, disse esta segunda-feira, em Luanda, o coordenador da comissão de reestruturação da Agência Nacional para o Investimento Privado (ANIP), Aguinaldo Jaime.


Segundo Aguinaldo Jaime, que falava por ocasião do encontro do fórum económico Angola-Itália, trata-se de um valor significativo em período de crise. Prova que o país continua a ser um destino de investimento privado de eleição no quadro dos países da Africa Austral, sustentou.
 
"O valor é sensivelmente inferior ao registado no mesmo período do ano passado (2008) em que a ANIP já tinha propostas no valor de 1 bilião, 166 milhões e 272 mil dólares, há uma redução de 12 por cento em relação ao ano transacto", disse.
 

Segundo afirmou, deste valor global, o investimento nacional representa 55,6 por cento contra 34 do ano anterior.

 
"Isto quer dizer que os angolanos estão a enviar ao mundo uma mensagem de que acreditam no seu país, nas suas potencialidades e na trajectória de sucesso que a economia angolana vem tendo nos últimos anos" enfatizou.
 

Por sua vez, o presidente da Câmara do Comércio e Industria de Angola, António Santos, referiu que Angola continua a ser um mercado que proporciona bons negócios, apesar das suas pequenas e médias empresas necessitarem de desenvolver parcerias.
 

Neste contexto, a realização de feiras empresariais no país assume grande importância para o conhecimento das oportunidades de negócios que Angola oferece e para a troca de experiências entre os distintos agentes económicosque participam no evento.
 

A participação de várias empresas nacionais e estrangeiras nas feiras de negócios, promovidas pela FIL (Feira Internacional de Luanda), prova bem a atracção para os investimentos do sector privado em Angola, devido às oportunidades económicas que apresenta, apesar da crise financeira mundial.
 

A 26.ª edição da Feira Internacional de Luanda (Filda), realizada este ano de 14 a 19 de Julho, que teve como tema "os desafios do agro-negócio", registou 682 inscrições de empresas e expositores, entre nacionais e estrangeiros, e a organização credenciou 12 mil pessoas e 12 províncias.
 
publicado por saudacoesangolanas às 19:37
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.posts recentes

. simplesmentedetalhes

. ...

. Finalmente o turismo Ango...

. DJ Kadú ganha disco de ou...

. A economia de Angola não ...

. Bolsa de valores em Ango...

. Construção "uma mina de o...

. Angola na Expo-China

. Grande Festa Mangolé

. Mia Couto e Agualusa nome...

.arquivos

. Fevereiro 2011

. Novembro 2010

. Abril 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Abril 2008

.tags

. todas as tags

.favorito

. Desconstruções

blogs SAPO

.subscrever feeds